Equipamentos

Moinho de Rolo Moinho de Rolo

A busca por processos mais eficientes do ponto de vista da produtividade e economia deve ser constante na produção de rações e alimentos para humanos. Como a moagem é um processo oneroso, por ser um grande consumidor de energia, além de redefinir as características do produto a ser industrializado; deve ter uma atenção especial, principalmente por ser um ponto onde se pode avançar com rapidez na eficiência do processo e na qualidade do produto.

Assim, uma tecnologia muito importante no processamento de grãos é a moagem através de Moinhos de Rolos. Os quais permitem uma excelente performance e diversas vantagens técnicas, econômicas e operacionais:

Grande economia de energia (até 50% em moagem fina ou media, e até 85% em moagem grossa).

• Partículas moídas com maior uniformidade (excelente DPG - Desvio Padrão Geométrico).

• Maior área de superfície nas partículas (melhora a capacidade de ação química e enzimática).

Não necessita sistema de Exaustão para moagem seca.

• Gera pouquíssimo ruído e pouquíssimo pó.

• Necessita de pequeno espaço para instalar.

• Máquinas robustas e confiáveis.

Pouquíssima intervenção para manutenção e operação.

• Os Rolos são retificados em média somente 1 ou 2 vezes por ano.

• Operação fácil e segura.

Flexibilidade, facilidade e rapidez na seleção da granulometria a ser moída. 

• Não necessita abrir ou trocar peças para alterar a granulemetria da moagem, somente fazer ajuste

  automático e instantâneo.

• Gera produto com granulometria muito mais uniforme, resultando em excelente DPG (Diâmetro Padrão 

  Geométrico), que melhora a Mistura (aumentando a homogeneidade e evitando a separação de

  ingredientes) e a Peletização (com melhor compactação e maior PDI) quando necessárias.

• Baixa quantidade de finos, também melhorando a qualidade da Peletização se necessária.

• Vantagens técnicas e econômicas amortizam rápido o investimento.

A adoção de Moinhos de Rolos de alta capacidade, robustez e eficiência (com 1 a 4 pares e produzindo de 2 a 60 t/h em granulometria de 80 a 3.200 microns), torna mais fácil e econômica a moagem em uma fábrica moderna e focada em resultados.